Espaço é entregue todo reformado à população

21/Ago/2017 - 09:44

Feira “Empreendedorismo, Arte e Turismo” funcionará todas as sextas-feiras no parque

Depois de 35 dias fechado ao público para reforma, o Parque da Cidade foi entregue à população de Porto Velho na última sexta-feira (18) pela prefeitura da Capital. Apresentações artísticas e o lançamento da feira “Empreendedorismo, Arte e Turismo” foram o ponto alto da programação desenvolvida pela Secretaria Municipal de Integração (Semi) para recepcionar os visitantes do parque.

A obra realizada com recursos próprios do município foi executada conjuntamente pela Subsecretaria Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), Subsecretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb), Subsecretaria Municipal de Obras e Pavimentações (Suop) e Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano (Emdur).

Na reforma foi realizado trabalho de pintura nova, instalação de iluminação de LED, construção de pergolados, plantio de mudas, reparos no meio-fio e em todo sistema hidráulico. O lago artificial também recebeu manutenção. Falta realizar a reforma dos banheiros, que será executada por uma empresa contratada pelo município.

“O parque está sendo devolvido à população todo reestruturado com uma iluminação nova que garante mais segurança para quem pratica atividades de caminhada e ginástica. O ambiente está mais aconchegante para os visitantes. É um novo parque que estamos devolvendo ao uso público”, disse o secretário Robson Damasceno, da Semi.

Feira

O subsecretário Júlio César (Semdestur) explicou que o projeto “Empreendedorismo, Arte e Turismo”, lançado no local, funcionará como uma feira permanente que acontecerá no Parque da Cidade todas as sextas-feiras.

“Esse projeto foi uma forma encontrada pelo prefeito Hildon Chaves para valorizar e estimular os pequenos e micros empreendedores locais. Na feira semanal eles poderão divulgar e vender seus produtos e também fazer os contatos necessários para fechar negócios”, adiantou.

Serão entre 10 a 12 empreendedores que terão a oportunidade de expor seus produtos toda semana no parque. Como não há possibilidade de os 80 cadastrados estarem presentes ao mesmo tempo, a Semdestur optou por fazer um revezamento com os artistas e empreendedores para expor seus produtos.

“Acreditamos que o rodízio é o sistema mais justos, pois todos terão a oportunidade de participar da feira. Então a cada semana haverá um novo grupo de pequenos empreendedores e artesãos expondo no parque e quem ganha com isso, além dos expositores, são os visitantes que terão acesso a uma variedade de produtos”, frisou.

Fonte: Semi/Semdestur

logotipo da prefeitura de porto velho